em Microsoft, Segurança, Virtualização

A Microsoft está incentivando cada vez mais as empresas à utilizarem os servidores da Microsoft sem a interface gráfica do usuário, ou seja, utilizarem cada vez mais Windows Server Core, proporcionando vários benefícios para as empresas entre eles o aumento na segurança dos servidores e redução das janelas de manutenções com atualizações do Windows.

Resultado de imagem para windows server admin honolulu

Porém, sabemos que a tarefa de administrar um Server Core muitas vezes não é algo tão simples, e é exatamente disso que tratamos nesse post, a Microsoft lançou uma novidade para ajudar os administradores de infraestrutura à administrarem de forma centralizada os servidores sem interface gráfica, apoiando ainda mais a adoção desta tecnologia com o Windows Admin Center (Projeto Honolulu). O novo recurso oferece uma interface de gerenciamento muito simples e usável para que os administradores de infraestrutura de servidores possam executar uma série de tarefas nos servidores sem ao menos precisar acessar o mesmo.

Veja algumas das atividades mais usadas e relevantes que podem ser feitas pelo novo Microsoft Windows Admin Center:

  • Ter uma visão geral do servidor monitorando seu desempenho em tempo real.
  • Gerenciar toda a parte de armazenamento do servidor/desktop, é possível criar novas partições de disco ou adicionar novos VHDS ou anexar VHDS. Também, consegue-se gerenciar os volumes de disco (aumentar de tamanho) e, compartilhamentos criados nos discos podem ser gerenciados através da guia de armazenamento.
  • Pode-se acessar os discos e manipular arquivos ou pastas efetuando upload ou download de arquivos ou pastas para dentro do servidor ou desktop.
  • Toda a parte de atualização do sistema operacional é facilmente gerenciável, podendo agendar a reinicialização do servidor para aplicar os updates.
  • O visualizador de eventos do servidor/desktop também é acessível pela interface de gerenciamento, possibilitando assim o processo de correção de problemas, mas ágil e assertivo.
  • Firewall, pode-se criar regras e gerenciar as existentes de uma forma fácil e rápida.
  • No caso de servidores, é possível adicionar ou remover recursos ou funções através de uma interface muito simples.
  • No caso de o servidor/desktop ter Hyper-V instalado podemos gerenciar todas as máquinas virtuais, adicionando memória, disco ou, até mesmo, criando uma nova máquina virtual.

 

Quer testar também?
O software está disponível para download em:
https://blogs.technet.microsoft.com/servermanagement/2018/04/12/windows-admin-center-formerly-project-honolulu-is-now-generally-available/

 

Clique aqui e conheça nosso treinamento de Hyper-V.

Siga as redes sociais da Domo para manter-se sempre bem informado:

Posts recomendados
0

Digite e Pressione Enter para Pesquisar

X