em Virtualização

Planejamento de backup

Quando você planeja uma estratégia de backup e recovery para um ambiente com servidores virtualizados, há vários fatores que devemos considerar. Você deve considerar os diferentes tipos de backups que podem ser realizados, o estado da máquina virtual (Ligada, Desligada…) e o tipo de armazenamento que está sendo utilizada pelas máquinas virtuais.

Este tópico discute as vantagens, desvantagens e considerações para esses fatores.

Compreendendo as Opções e Considerações de Backup

O serviço de integração de backup e o Hyper-V Volume Shadow Copy Service (VSS) Writer fornecem o mecanismo para fazer o backup de máquinas virtuais, bem como configurações do sistema que se aplicam ao Hyper-V. Existem dois métodos básicos que você pode usar para fazer um backup. Você pode:

  • Fazer um backup do servidor com o Hyper-V. Usando este método para executar um backup full do servidor é o método recomendado porque ele captura mais dados do que o outro método. Se o armazenamento é compatível com o Hyper-V e com o Hyper-V VSS Writers, você pode executar um backup full do servidor que ajuda a proteger todos os dados necessários para restaurar completamente o servidor. Os dados incluídos nesse backup são as configurações de máquinas virtuais e redes virtuais, snapshots associados às máquinas virtuais e discos rígidos virtuais usados pelas máquinas virtuais. Como resultado, o uso desse método pode torná-lo mais fácil de recuperar o servidor em caso de necessidade, porque você não terá que criar máquinas virtuais ou configurações do sistema, como as redes virtuais.
  • Fazer um backup de dentro do sistema operacional convidado “guest” de uma máquina virtual. Este método é útil quando você precisa fazer backup de dados do armazenamento que não são suportados pelo Hyper-V VSS Writer.

Considerações de armazenamento

Ao planejar a sua estratégia de backup, considere a compatibilidade entre o armazenamento “Storage” e a solução de backup:

  • Discos rígidos virtuais oferecem a melhor compatibilidade com o backup e podem ser armazenados em muitos tipos de armazenamentos físicos como SANs, iSCSI, FC e SAS. Para mais informações sobre os tipos de armazenamento que você pode usar com o Hyper-V, consulte “Considerações de Hardware” no Guia de Planejamento e Implantação do Hyper-V no TechNet (https://technet.microsoft.com/pt-br/library/cc816844.aspx).
  • Armazenamento baseado em rede (SMB ou NAS), como compartilhamento de rede devem ser usados com cautela. Se o armazenamento baseado em rede não estiver disponível no momento em que o Backup é executado, a tarefa de backup falhará.
  • Os discos físicos que estão diretamente apresentados para a máquina virtual (muito conhecido como “pass-through disks”) não são suportados pelo Hyper-V VSS Writer. Como resultado, este tipo de disco não será incluído em nenhum backup realizado por um programa de Backup que utiliza o Hyper-V VSS Writer. Nesta situação, você precisaria usar algum outro método para fazer backup do disco físico. Por exemplo, você pode executar um backup dos dados que estão dentro dos discos físicos como iSCSI por meio de agente de Backup que deverá ser instalado dentro da Máquina Virtual, assim ele fará o backup por dentro da Máquina Virtual como se ela fosse um servidor físico, esse método é conhecido como Backup via Agent.
  • Storage apresentado dentro de uma máquina virtual usando um Internet SCSI (iSCSI) Initiator não serão incluídos no backup da Máquina Virtual. Neste cenário, você deve usar outro processo para fazer backup dos dados do armazenamento baseado em iSCSI antes de executar um backup completo do servidor. Por exemplo, você pode executar um backup dos dados do armazenamento iSCSI a partir de um aplicativo de backup em execução na máquina virtual igual o exemplo anterior.
  • Storage baseado em iSCSI tem o Backup suportado pelo Hyper-V VSS Writer quando o storage é conectado no host de Hyper-V e é usado para armazenar os discos rígidos virtuais das máquinas virtuais.

Compreendendo a Diferença entre Backup Online e Backup Offline de Máquina Virtual

Um Backup Online é realizado quando uma máquina virtual continua ligada sem sofrer interrupção durante o backup.

Um backup online pode ser realizado sem tempo de inatividade em uma máquina virtual em execução quando todas as seguintes condições forem atendidas:

  • O Integration Services está instalado e o serviço de integração de backup não foi desativado.
  • Todos os discos virtuais que estão sendo usados pela máquina virtual estão configurados dentro do sistema operacional da máquina virtual como discos básicos formatados em NTFS. As máquinas virtuais que usam discos dinâmicos ou o sistema de arquivos FAT32 impedem que um backup online seja executado.
  • Volume Shadow Copy Service deve estar habilitado em todos os volumes usados pela máquina virtual com uma configuração específica. Cada volume deve ter o seu próprio local de armazenamento para as suas cópias de sombra e o mapeamento deve estar disponível para o Hyper-V VSS Writer. Em outras palavras, o armazenamento de cópias sombra de C: deve ser em C:, o armazenamento de cópias sombra de D: deve estar em D: e assim por diante.

Se um backup on-line não pode ser realizado, o Hyper-V tentará executar um backup off-line. Esse tipo de backup resulta em um certo tempo de inatividade da máquina virtual. Vários fatores podem afetar o tempo necessário para fazer um backup offline. Se a máquina virtual está em execução ou em pausa, ele é colocado em um estado de “Saved State” como parte do processo de backup off-line para criação do Snapshot utilizado para o backup. Depois que o Backup é concluído, a máquina virtual é retorna ao estado original.

Fonte: https://blogs.technet.microsoft.com/virtualization/2008/08/29/backing-up-hyper-v-virtual-machines/

Posts recomendados
0

Digite e Pressione Enter para Pesquisar

X